logo inovadoor branco

Perda de temperatura em câmara frigorífica: 10 formas de resolver

10 formas de resolver perda de temperatura em câmara frigorífica

Em uma câmara frigorífica, a troca de temperaturas diferentes entre o ambiente interno e o externo pode ocasionar a perda da temperatura do ambiente frigorificado. Um problema comum em locais com portas convencionais. Com isso, é possível que ocorra o acúmulo de gelo no sistema de refrigeração, condensador e evaporador. Problema visto também no piso, no teto e, até, nos produtos acabados, que acabam tendo a sua qualidade comprometida, impedindo a sua entrega ao cliente. E é bom lembrar ainda que esse ambiente, com gelo acumulado, é propício para a ocorrência de acidentes de trabalho. E, por fim, comprometem a eficiência energética de qualquer negócio.     

Confira 10 maneiras de evitar que aconteça a perda de temperatura em câmara frigorifica:

 1 – Verificar se a porta de acesso possui frestas

Depois que uma câmara fria é montada, o único local onde há troca de calor é pela porta. Por isso, a importância de a porta estar bem vedada, sem frestas. Uma boa inspeção nas portas é mais do que indicada.  

2 – Realizar manutenção periódica no sistema de refrigeração

O sistema de refrigeração também precisa de manutenção para o seu bom funcionamento. A manutenção preventiva é a melhor opção sempre, pois pode ser programada e evita o surgimento de problemas mais complexos. 

3 – Evitar manter a porta aberta por muito tempo

De nada adianta contar com portas consideradas adequadas para a sua aplicação se elas ficarem abertas por muito tempo. Ao longo de um dia de trabalho, esse hábito terá ocasionado perda de calor do ambiente frigorífico precisa e todas as conseqüências disso, como o aumento no consumo de energia. 

4 – Realizar a manutenção da porta de acesso, sempre que necessário

As portas convencionais de acesso a ambientes frigoríficos precisam de manutenção programada e, muitas vezes, consertos após qualquer tipo de impacto contra elas. Por isso, é preciso estar atento para que as portas estejam sempre em condições ideais de uso.

5 – Evitar bloqueios na área de acesso do ambiente refrigerado

A porta e toda a área de acesso a um ambiente frigorificado precisam ficar livres para favorecer a passagem de funcionários e máquinas, como as empilhadeiras. Mais um hábito a ser adotado por todos.

6 – Otimizar o processo de estocagem do local

Em primeiro lugar, o local de estocagem de matéria-prima, materiais ou produtos acabados precisa ter um layout adequado à movimentação no ambiente. Além disso, é importante que se faça uma programação dessa movimentação a fim de evitar um constante vai e vem na área. 

7 – Evitar a ocorrência de erros operacionais

As “boas práticas” também devem ser adotadas nesse caso, em que se quer evitar a perda de temperatura em câmara frigorífica. Os treinamentos sobre o acesso correto ao ambiente, evitar colisões contra a porta e conferir sempre se a porta está bem fechada após utilizá-la são alguns exemplos de um guia de boas práticas. 

8 – Apostar em portas rápidas de enrolar

Com certeza, as câmaras frigoríficas merecem uma atenção especial devido à sua sensibilidade à perda de temperatura. Assim, as portas rápidas de enrolar se mostram como a melhor opção em todos os sentidos: vedam corretamente o local, abrem e fecham em um tempo adequado a esse ambiente e permanecem fechadas quando não estão sendo utilizadas. Como evitam a troca de temperatura entre os ambientes, dispensando a necessidade de maior refrigeração para compensação do calor, as portas rápidas de enrolar são uma forte aliada na economia de energia, ou seja, na eficiência energética.

9- Adicionar um kit de resistência à porta

Além de rápidas, as portas de enrolar ainda contam com algumas soluções complementares quando o assunto é evitar a perda de temperatura em câmara frigorífica. Um bom exemplo são os sistemas de aquecimento de piso (XL) e soleira (SL). Veja algumas vantagens: evita a formação de gelo no piso ao redor da porta; reduz a umidade e evita a formação de gelo no rodapé das portas de câmara fria; não deixa o piso molhado na área de circulação e têm baixo consumo de energia.    

10 – Investir em acessórios de abertura da porta, melhorando a logística de operação

Para aprimorar ainda mais a logística de operação, as portas rápidas de enrolar contam com vários acessórios de abertura da porta: botoeira para abertura e fechamento; controle remoto, com pilha ou wireless, para uso em empilhadeiras (que tenham cabinas com controle de temperatura) e leitores de crachá e de biometria (ambos do lado de fora da câmara frigorífica).       

Agora que você já sabe como amenizar a troca de temperatura entre a câmara frigorífica e um ambiente externo, confira mais sobre os modelos de Portas Rápidas de Enrolar da Inovadoor e suas opções de Kit de Resistência e Assessórios de Abertura de Porta. Saiba mais: https://www.inovadoor.com.br/armazenagem-frigorifica/

Compartilhe nas redes sociais:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp